O content marketing da Copa – case Unimed

8 de maio de 2014 | redes sociais, Sem categoria
David-Luiz-Seguros-Unimed-e1396889437283-720x400

A ausência de material produzido com exclusividade para ser trabalhado nas redes parece diminuir o potencial da campanha #seguradavid.

Imaginei que a essa época do ano teria bem mais cases para comentar aqui feios em torno da Copa do Mundo. Na verdade encontrei poucos. Esse da Unimed Seguros tem até o spot de 30 segundos, com apoio de mídia paga e campanha liderada pela hashtag #seguradavid, de construção interessante, mas não dá para ter muita ideia de como está em relação às métricas e no que dá para observar, parecem pequenas.

A marca, que é patrocinadora oficial da Seleção, construiu uma campanha bem interessante focada no zagueiro, no caso David Luiz, a figura que tem que oferecer segurança ao time. Pode-se fazer uma associação com a função de uma seguradora sem muitos esforços. Até aí tudo ok. As minhas observações estão em alguns detalhes. Uma campanha que trabalha com hashtag e tenta se sustentar basicamente com um spot de 30 segundos. Não há mais material em torno do David Luiz produzido pela Unimed nas redes sociais. Uma pesquisa rápida pela hashtag também me trouxe poucas referências da campanha, mesmo se tratando de um personagem famoso.

Acredito que para ter mais sucesso nas redes com a hashtag, a marca deveria ter produzido mais material exclusivo da campanha para ser trabalhado nas redes e não se apoiar totalmente no vídeo de televisão. Outra coisa que também me chamou atenção é que a Unimed também criou uma seção interessantíssima sobre seleção brasileira no blog, escrita pelo jornalista esportivo Erich Beting que também me pareceu mal trabalhada pelos índices de compartilhamento que é possível observar. Não basta fazer bom conteúdo, é preciso saber distribuí-lo bem.